Coleção de Arte Popular será exposta na sede do Ministério Público no Centro Administrativo (CAB)

Integrando as comemorações pela II Semana de Patrimônio do Ministério Público da Bahia (MPBA), a partir do dia 17/08, às 10h30, parte do acervo da Coleção de Arte Popular, em exposição permanente no Centro Cultural Solar Ferrão (Pelourinho), será exposta na sede do Ministério Público no Centro Administrativo (CAB).

A exposição é uma iniciativa do Núcleo de Defesa do Patrimônio Cultural do Ministério (NUDEPAC) em parceria com o Centro Cultural Solar Ferrão (DIMUS/IPAC). Ana Liberato, diretora da DIMUS, afirma que “A iniciativa se alia à política do IPAC – SECULT de propor a circulação dos acervos apresentados em seus equipamentos culturais em outros espaços, por meio de recortes temáticos”. Serão apresentadas 31 peças entre carrancas, ex-votos, ferramentas e esculturas de orixá, cerâmica, objetos de madeira utilitários e decorativos, além de vestimenta de vaqueiros.

De acordo com o diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira, o Ministério Público da Bahia tem dentre suas principais ações a promoção de interesses protegidos pelo direito positivo junto à sociedade, mas ainda é um dos mais importantes intermediadores para questões que envolvem os patrimônios culturais – materiais e imateriais – da Bahia. O contato para parcerias com o MP da Bahia foi iniciado pelo IPAC em março deste ano (2015) quando o diretor do IPAC visitou o procurador-geral de Justiça da Bahia, Márcio Fahel.

“Nos últimos anos, a temática tem se tornado tão importante que o MP criou um Núcleo de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural (Nudephac), com sede na Rua das Laranjeiras, nº12, no Pelourinho (tel. 71 33217736)”, diz João Carlos. O imóvel é do IPAC e integra um programa de ocupação articulada do parque imobiliário do Instituto no Centro Histórico de Salvador. “Nosso objetivo é sempre aprofundar diálogo com o MP, como importante aliado no processo de interlocução com a sociedade”. O Núcleo foi criado pela Procuradoria Geral de Justiça através do Ato Normativo 229/2009.

Promotor-geralJustiça.DiretorIPAC.2

Promotor Geral da Justiça e o Diretor do IPAC

A Semana do Patrimônio Cultural é uma iniciativa do Ministério Público para promover e celebrar a importância do acervo histórico e artístico que integra a cultura do estado, e acontece de 17 a 21 de agosto de 2015.

Sobre a Coleção:

A Coleção de Arte Popular reúne peças representativas da Cultura Popular do Nordeste, coletadas entre as décadas de 50 e 60 do século XX, cujo núcleo inicial teve origem na coleção adquirida pelo cenógrafo e diretor de teatro Martim Gonçalves. O acervo reunido por Gonçalves e, posteriormente, ampliado pela arquiteta italiana Lina Bo Bardi é composto por peças utilitárias e figurativas, dentre elas carrancas, ex-votos, imaginária, esculturas em cerâmica, fifós, panelas, potes de barro, brinquedos, utensílios domésticos e objetos criados a partir de materiais recicláveis, que mostram uma sintonia entre a arte e a vida cotidiana.

banner_lona_exposição_com_local

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s