Monumento nacional do século XVI será cenário para DVD neste fim de semana (4 e 5)

2em1.MayraLins.5a

Duo ‘Dois em Um’

Com cerca de 450 anos de construído, tombado como ‘Patrimônio Cultural do Brasil’ pelo IPHAN desde 1944, o Engenho Freguesia, construção originária do século XVI, será palco neste final de semana (4 e 5) para gravação do DVD ‘Agora’ do duo ‘Dois em Um’, formado pelo músico, compositor e produtor Luisão Pereira e pela cantora e violoncelista Fernanda Monteiro. A iniciativa tem patrocínio do edital baiano do programa Natura Musical.

Fernanda e Luisão Pereira lançaram o CD ‘Dois em Um’ nos Estados Unidos e Brasil em 2009. A dupla recebeu elogios do jornal O Globo e foi premiada no festival BTR como Revelação e Melhor Música. “Após pesquisas chegamos ao lugar ideal. O disco tem relação com o elemento água, e a gravação acontecerá às margens da Baía. Como contraponto, teremos o casarão colonial”, afirma Gilberto Monte, responsável pelo projeto.

Luisão fundou a banda Cravo Negro, fez parte da banda Penélope, compôs música para o especial ‘A Terra dos meninos pelados’ da TV Globo (2004) e fez trilhas para cinema e publicidade. Produziu ainda discos e shows de Los Hermanos, Nação Zumbi, Mombojó, Elza Soares, Paralamas do Sucesso, Titãs, Tom Zé, Starla, Canto dos Malditos, Leoni e Djunks.

Museu Vanderlei Pinho  Foto: Ascom/IPAC

Museu Wanderlei Pinho
Foto: Ascom/IPAC

O Engenho Frequesia e o seu entorno é um dos espaços da Secretaria de Cultura (SecultBA) com o nome Museu do Recôncavo Wanderley de Pinho. “Trata-se de um dos principais símbolos arquitetônico-paisagísticos do Brasil colonial, por deter extensa área verde de mata, como a original, ter acesso marítimo típico da era colonial e conservar suas principais edificações”, explica o diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira. O IPAC administra todos os museus da SecultBA.

RESTAURAÇÃO Segundo a Secretaria de Turismo do Estado a restauração do museu Pinho está no Prodetur Bahia (www.prodeturbahia.turismo.ba.gov.br), com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e contrapartida estadual. O Prodetur pretende desenvolver os segmentos náutico e cultural na zona turística da Baía de Todos os Santos.

O complexo do Wanderley fica em frente à Ilha de Maré, às margens da Baía, em Caboto, município de Candeias. A casa de quatro pisos que está implantada em uma encosta, possui esquadrias do século XVIII e grades do século XIX. No forro de um dos sótãos está o brasão do Conde de Passé. Cozinha coifas e chaminés de tipo português alentejano são outras características. A grande capela anexa possui medalhão de N. Sra. da Conceição e altar neoclássico.

“Este é um dos raros exemplares conhecido no Brasil de edifício residencial desenvolvido em torno a dois pátios. Pelas vergas de arco abatido, a planta da capela com corredores laterais e tribunas o prédio data do século XVIII enquanto o pátio aparenta ser do século XVII, mas o engenho é do século XVI”, relata o diretor do IPAC. Em 2010 foi feita estabilização com R$ 500 mil da Petrobras. Até 2011, a restauração de esquadrias, telhado, piso, reforma de sanitários e pintura interna pelo IPAC, com cerca de R$ 250 mil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s