“Academia da Crise” no Museu de Arte Moderna da Bahia

unnamed

O Museu de Arte Moderna da Bahia propõe a Academia da Crise: Para Cada Problema, uma Solução?, uma ocupação no Casarão do MAM-BA, que acontece de 24 de setembro a 08 de novembro, discutindo aspectos e soluções possíveis para todo tipo de crise, por meio de mostra de obras e documentação do acervo, debates, exibição de filmes e oficinas, envolvendo diferentes agentes da sociedade.

Dando continuidade às atividades do segundo semestre, o processo se inicia com a questão dos povos indígenas brasileiros, que materializa a primeira e mais simbólica crise do país, que periodicamente volta à pauta. Assim como o transe da Academia, da ciência, da educação. Diante dos contextos atuais, propor discussões sobre crise pode parecer uma grande provocação, mas é uma forma de caminhar no sentido da transformação.

“Se um problema pode ser apresentado, então uma solução para ele deve existir”, afirma Marcelo Rezende, diretor do MAM-BA, que questiona: “Como lidar com a crise econômica a partir de sua dimensão humana?”

Quem pode responder?

O público poderá conferir obras de artistas como Ramiro Bernabó (“Escritório”. foto), Maxim Malhado (“Tranca-Rua”), Nino Cais (“Pitoresca Viagem Pitoresca”), Michelangelo Antonioni (“Chung Kuo”), além de documentação do acervo, que relata as relações do Museu em diferentes instâncias e em diferentes períodos, desde os anos 1960.

O projeto é fruto de pesquisas curatoriais e museológicas do MAM-BA, e aborda as experiências baiana e brasileira nas questões que nos afligem hoje e desde sempre. Na sua programação a Academia da Crise propõe diálogos com articuladores de diversas áreas, em processos colaborativos.

9ª Primavera dos Museus

A Primavera dos Museus é uma temporada cultural coordenada pelo Instituto Brasileiro de Museus que acontece todo ano no início da estação homônima. A cada ano, o Ibram lança um tema diferente para nortear as atividades dos museus. Esta 9ª edição tem como tema “Museu e memória Indígena”.

Para conduzir as atividades de discussão sobre questões indígenas, seus contextos, crises e possíveis soluções, o MAM-BA conta com a colaboração do pesquisador associado Fábio Bandeira.

“Os conhecimentos, práticas e crenças de comunidades e povos tradicionais são formas distintas, não por isso menos válidas, de conhecer, explicar e atuar no mundo”, diz professor Fábio Bandeira, que possui trabalhos junto a comunidades indígenas da Bahia. “Muitas comunidades rurais e indígenas da América Latina e Caribe têm desenvolvido estratégias para conservar a biodiversidade, aumentar os meios de subsistência e reduzir os conflitos”, completa.

Professor Titular do Depto de Ciências Biológicas da UEFS, Dr. Bandeira tem coordenado projetos na área de Etnobiologia, Gestão Etnoambiental, Desenvolvimento Sustentável, Manejo Sustentável de Recursos Vegetais, Avaliação de Políticas Públicas Ambientais e Culturais e Preservação do Patrimônio Material e Imaterial de Culturas Populares e Indígenas. Tem mais de vinte anos de experiência em pesquisa e extensão com populações indígenas no Brasil, no México e na Bolívia, populações afro-brasileiras, pequenos agricultores entre outras comunidades tradicionais. Foi condecorado com a Medalha Alfonso Caso ao Mérito Acadêmico (2002), da Universidad Nacional Autónoma de México entre outras distinções e prêmios. Professor do Programa de Pós-graduação em Antropologia, e do Mestrado profissional em Ecologia Aplicada à Gestão Ambiental, da UFBA, e do programa de pós-graduação em Planejamento Territorial, da UEFS, é colaborador do programa de pós-graduação de Ecologia Humana e Gestão Socioambiental da UNEB.

Programação completa: http://mambahia.com/exposicoes/academia-da-crise-no-mam/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s