Cinema no Palacete – Programação outubro/2015: Cinema e Literatura

“Lolita” será exibido em 16/10

 

Dia 2 (sexta feira) – O AMANTE (L’Amant)

Direção: Jean-Jacques Annaud – França, 1992.

Elenco: Tony Leung e Jane March

Sinopse: Baseado no romance autobiográfico de Margueritte Duras. Uma garota, filha de colonos franceses com dificuldades financeiras, nos anos de 1920, no Vietnã, passa a ter uma relação amorosa com um chinês rico e bem sucedido, muito mais velho que ela. A diferença de idade e de classe social entre os dois é alvo de forte preconceito pela sociedade, interferindo no relacionamento.

Duração: 115 minutos / Colorido

Horário: 17 horas

Dia 7 (quarta feira) – O PROCESSO (Le Proces)

Direção: Orson Welles – França, Alemanha, Itália – 1962.

Elenco: Anthony Perkins, Romy Schneider, Jeanne Moreau, Orson Welles

Sinopse: A obra de Franz Kafka, adaptada pelo genial Orson Welles, nos leva ao pesadelo do Sr. K. pelos labirintos da burocracia do judiciário e pelo absurdo de uma condenação sem razões explicáveis. Um clássico.

Duração: 119 minutos / Preto e Branco

Horário:

Dia 9 (sexta feira) – A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER (The Unbearable Lightness of Being)

Direção: Philip Kaufman – EUA, 1988.

Elenco: Daniel Day Lewis, Juliette Binoche, Lena Olin

Sinopse: Um belo filme a partir da novela de Milan Kundera. Passado em 1968 em Praga, doutor mulherengo, inicia relação com jovem que o quer monogâmico. A invasão  russa, contudo vai criar problemas na relação dos dois. Duas indicações ao Oscar e 11 prêmios. Magnífica fotografia de Sven Nykvist, dos filmes de Bergman.

Duração: 171 minutos / Colorido

Horário: 16 horas

Dia 14 (quarta feira) – VIDAS SECAS

Direção: Nelson pereira dos Santos – Brasil, 1963.

Elenco: Átila Iório, Maria Ribeiro.

Sinopse: Baseado na obra de Graciliano Ramos, um dos mais belos filmes brasileiros de todos os tempos. Família de retirantes atravessa região da seca em busca de melhores dias. No caminho muitos percalços. Uma das melhores adaptações para o cinema de uma obra literária. Premiado no Festival de Cannes.

Duração: 103 minutos

Horário: 17 horas.

Dia 16 (sexta feira) – LOLITA (Lolita)

Direção: Stanley Kubrick – EUA, 1962.

Elenco: James Mason, Peter Sellers, Shelley Winters e Sue Lyon.

Sinopse: Adaptação da novela de Vladimir Nabokov, professor de meia idade é atraído por adolescente de 14 anos e acaba envolvido com a mãe dela para ficar mais perto da garota. O termo lolita, diminutivo de Dolores, passou a significar adolescente sexualmente precoce, a partir deste personagem. Recentemente, a minissérie da Globo, Verdades Secretas, foi  inspirada na mesma trama. Imperdível.

Duração: 152 minutos / Preto e Branco

Horário: 16:30 horas

 

Dia 21 (quarta feira) – MACUNAIMA

Direção: Joaquim Pedro de Andrade – Brasil, 1969.

Elenco: Paulo José, Grande Otelo, Dina Sfat e Wilsa Carla.

Sinopse: Da novela do modernista Mário de Andrade e com estética tropicalista, esse grande sucesso nacional narra a saga de personagem negro que nasce de uma velha cabocla nos confins de uma floresta e torna-se branco após várias peripécias. Inspirado nas chanchadas brasileiras, o filme aborda de forma crítica, um herói nacional sem nenhum caráter. Premiado no Festival de Brasília e de Mar del Plata.

Duração: 110 minutos / Colorido.

Horário: 17 horas.

 

Dia 23 (sexta feira) – JANE EYRE (Jane Eyre)

Direção: Cary Joji Fukunaga – Reino Unido e EUA, 2011.

Elenco: Mia Wasikovska e Michael Fassbender.

Sinopse: Talvez uma das melhores versões do famoso romance de Charlotte Brönte. Com uma fotografia magnífica e uma direção de arte deslumbrante o filme narra a estória da chegada de uma governanta a uma mansão, onde estranhos acontecimentos a faz descobrir um terrível segredo. Ao mesmo tempo, nasce uma forte paixão pelo dono da mansão, seu patrão, que tem um comportamento misterioso. Um belo filme romântico, indicado ao Oscar de Melhor Figurino e vencedor de mais 11 prêmios.

Duração: 120 minutos

Horário: 17 horas

Dia 28 (quarta feira) – O DESPREZO (Le Mépris)

Direção: Jean Luc Godard – França, 1963.

Elenco: Brigitte Bardot, Michel Piccoli, Jack Palance e Fritz Lang.

Sinopse: Adaptação cinematográfica da novela de Alberto Moravia por Godard. Belíssimo filme que discute o conflito, arte e negócios, através da relação de um roteirista de cinema, de um diretor (Fritz Lang) e um produtor que só pensa em dinheiro, durante a filmagem de “A Ilíada” de Homero. O melhor filme de Brigitte Bardot e um dos melhores do diretor.

Duração: 103 minutos / Colorido.

Horário: 17 horas.

Dia 30 (sexta feira) – UM LUGAR AO SOL (A Place in The Sun)

Direção: George Stevens. – EUA, 1951.

Elenco: Elizabeth Taylor, Montgomery Cliff e Shelley Winters.

Sinopse: Da obra do escritor Theodore Dreiser, esta adaptação cinematográfica foi premiada com seis Oscars. Jovem de origem pobre tenta obter status numa sociedade elitista através do namoro com jovem herdeira. Sua antiga namorada, uma operária, tem segredos que podem abalar os planos profissionais e românticos dele. Esta trama foi retomada por Woody Allen em Ponto Final (Match Point). Montgomery Cliff e Elizabeth Taylor no auge do estrelato. Imperdível.

Duração: 122 minutos / preto e Branco.

Horário: 17 horas,

ENTRADA GRATUITA.

PALACETE das ARTES – Rua da Graça, 284
APOIO: VINTAGE VÍDEOS – Rua Cezar Zama, 180 – Loja 3 – Barra
A melhor da cidade.

                    ATENÇÃO PARA OS HORÁRIOS DOS DIAS 9 e 16!      

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s