CINEMA NO PALACETE – Programação Dezembro 2015:  A COR NO CINEMA

21052754_20131024190421488

“Tudo Sobre a Minha Mãe”, de Pedro Almodóvar, será exibido em 18/12

O cinema desde seus primórdios tentou incorporar cores às suas imagens. No começo, artesanalmente, eram pintadas à mão. Somente na década de 1930 é que através de novas tecnologias, suas imagens coloridas passaram a ser produzidas por um processo industrial.  As cores começaram a ser utilizadas também como mais um elemento de expressão na linguagem do cinema.

Na nossa programação de dezembro, apresentaremos um pequeno exemplo, através de cinco obras primas do cinema universal.

  

Dia 4 (sexta feira) – UM DIA, UM GATO (Az prijde kocour)

Direção: Dir. Vojtech Jasný – Tchecoslováquia, 1963

Elenco: Jan Werich, Emília Vásáryová

Sinopse: Um mágico e seu gato, que usa óculos, se apresentam em uma pequena cidade da República Tcheca. Quando os óculos do gato são tirados, as pessoas para quem ele olha mudam de cor de acordo com o caráter e suas atitudes. Assustadas, as pessoas fogem. Na confusão, o gato desaparece também. Robert, um jovem professor, pede ajuda às crianças da cidade para achar o animal. Um filme poético e atual, já apresentado aqui, no ciclo “O Fantástico no Cinema” em 2013. Prêmio do Júri em Cannes 63.

Duração: 91 minutos/ Colorido

Horário: 17 horas

 

Dia 9 (quarta feira) – O COZINHEIRO, O LADRÃO, SUA MULHER E O AMANTE. (The Cook, the Thief, His Wife and Her Lover)

Direção: Peter Greenaway – Inglaterra, 1989.

Elenco: Brian Dennehy, Richard Bohringer, Helen Mirren e Lambert Wilson

Sinopse: Um criminoso e sua mulher jantam diariamente em um restaurante. Cansada da estupidez e da grosseria de seu marido, a mulher se torna amante de um colecionador de livros, outro frequentador do lugar. Com a cumplicidade do cozinheiro, eles levam o caso adiante nas dependências do próprio restaurante, até que o marido descobre a traição. Magnificamente fotografado pelo célebre Sacha Vierny e com figurinos de Jean-Paul Gaultier, o diretor Greenaway realizou uma das mais requintadas obras do cinema contemporâneo.

Duração: 124 minutos / Colorido

Horário: 17 horas

 

Dia 11 (sexta feira) – ASAS DO DESEJO (Wings of Desire)

Direção: Wim Wenders – Alemanha, 1987

Elenco: Bruno Ganz, Solveig Dommartin, Otto Sander e Peter Falk

Sinopse: Em Berlim, dois anjos perambulam pela cidade. Invisíveis aos mortais, eles leem seus pensamentos e tentam confortar a solidão e a depressão das pessoas que encontram. Entretanto, um dos anjos, fascinado por uma trapezista, deseja se tornar humano para experimentar as emoções de cada dia. Fotografado em preto e branco pelo mestre Henri Alekan de A Bela e A Fera de Jean Cocteau, as imagens adquirem cores na medida em que o anjo passa a se tornar humano. Prêmio de Melhor Diretor no Festival de Cannes

Duração: 128 minutos / Preto e Branco e Colorido

Horário: 17 horas

 

Dia 16 (quarta feira) – NOSTALGIA (Nostalghia)

Direção: Andrei Tarkovski – Russia, 1983

Elenco: Oleg Yankovski, Erland Josephson, Domiziana Giordano

Sinopse: Depois de vários problemas com a censura de seu país, Tarkovski é exilado na Itália onde realiza seu primeiro filme no estrangeiro: um poeta vai à Itália pesquisar  a vida de um compositor russo que no passado, havia sido mandado para lá devido a sua aptidão para a música, até que tomado por uma nostalgia de sua terra, volta a uma Rússia feudal e atrasada, enforcando-se pouco tempo depois. Acompanhado de uma atriz italiana, o poeta chega a uma cidade de banhos termais no Norte da Itália onde conhece um professor de matemática. Esse é o ponto de partida para uma jornada mística e filosófica feita de imagens oníricas, ora monocromáticas, ora coloridas, em uma das mais belas locações já filmadas. Ganhador de 3 prêmios em Cannes, incluído o de melhor diretor.

Duração: 121 minutos / preto e Branco e Colorido.

Horário: 17 horas

 

Dia 18 (sexta feira) TUDO SOBRE MINHA MÃE (All About My Mother)

Direção: Pedro Almodóvar – Espanha, 1999

Elenco: Cecilia Roth, Marisa Paredes e Penélope Cruz

Sinopse: Construído com imagens de cores fortes, todos os temas e personagens recorrentes na obra do diretor, estão ai presentes. Uma mãe, após a perda de seu filho em um acidente, vai a Barcelona em busca do pai, hoje um travesti chamado Lola, antigo colega e amante numa montagem de “Um Bonde Chamado Desejo”. Referências a alguns filmes, a exemplo de “Noite de Estreia” de John Cassavetes.

Duração: 101 minutos / Colorido

Horário: 17 horas

 

ENTRADA GRATUITA.

PALACETE das ARTES – Rua da Graça, 284
APOIO: VINTAGE VÍDEOS – Rua Cezar Zama, 180 – Loja 3 – Barra.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s