Femadum agita o Pelourinho no fim de semana e homenageia personalidades

10_01_2016-FEMADUM- Rosilda Cruz (21)

João Jorge Rodrigues, presidente do Olodum, entrega o Troféu Ujaama ao secretário de Cultura do Estado da Bahia, Jorge Portugal​ (Crédito: Rosilda Cruz)

Milhares de pessoas se reuniram no Largo do Pelourinho, na tarde deste domingo (10), para conhecer as músicas que vão ser tema do Carnaval de 2016 do bloco afro Olodum. O Festival de Música e Artes Olodum – Femadum – aconteceu nos dias 09 e 10 no Largo do Pelourinho e contou com o apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura (SecultBA). Numa prévia do que o grupo vai levar para a avenida, o Femadum agitou o público que, além de escutar as novas composições, dançou ao som de antigos sucessos.

Com o tema ‘Brasil, mostra tua cara! Sou Olodum, quem tu és?’, a edição deste ano selecionou as canções populares que contam a história do país, dos povos de matrizes africanas e de compositores que, de alguma forma, se identificam com a trajetória do Olodum. O evento ainda recebeu como convidado especial o cantor Edson Gomes.

Além das apresentações musicais, o Olodum também realizou algumas merecidas homenagens, entregando o Troféu Ujaama às personalidades que contribuíram e contribuem para o fortalecimento do Olodum e para a valorização da população negra. O secretário de Cultura do Estado da Bahia, Jorge Portugal, foi um dos homenageados pelo Olodum e destacou o Centro Histórico como uma maneira de entender a história dos baianos. “Estamos aqui diante de dois fortes símbolos da identidade da Bahia: o Pelourinho e o Olodum. Por isso que o Estado se sente na obrigação de apoiar eventos como esse, que promovem a cultura e a valorização do nosso povo”, afirmou o secretário. Jorge Portugal também declamou Alegria da Cidade, composição sua em parceria com o cantor Lazzo Matumbi. Outras personalidades foram homenageadas tais como Zebrinha (Coreógrafo do Bando de Teatro Olodum), Marcos Terena (Presidente do comitê internacional dos Jogos Indígenas), Juvenal Payayá (Cacique da Aldeia Payayá), Débora Regina Souza (Presidente do grupo Didá), o projeto “A voz do Subúrbio”, serão os homenageados do Festival, Fabíola Mansur (Oftalmologista e Deputada Estadual), Célia Sacramento (Vice-Prefeita).

Sobre o Femadum – Criado em 1980, o Femadum divulga a diversidade da cultura afro baiana e brasileira, além de dar oportunidade e visibilidade a talentos populares que buscam na cultura afro uma fonte de inspiração. O evento deu visibilidade a compositores e cantores como Jau Peri, Pierre Onassis, Tonho Matéria e outros nomes no cenário musical baiano. Também já participaram do evento diversos grupos artísticos baianos, nacionais e internacionais, em especial, aqueles vinculados à cultura negra, e personalidades como Jimmy Cliff, Gal Costa, Caetano Veloso, Sandra de Sá, Luiz Melodia, Elza Soares, Gilberto Gil e Daniela Mercury.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s