Cinema no Palacete – Março/2016: O Fotógrafo no Cinema

oabutre

“O Abutre” será exibido em 24/03

Em busca de imagens fixas ou em movimento, o fotógrafo, desde o advento da fotografia, passou a documentar vários aspectos da nossa realidade: belos, feios, reais ou imaginários, permitidos ou proibidos. Fascinando ou atemorizando as pessoas, há quem acredite que o fato de ser fotografado possa roubar sua alma ou a sua privacidade, a fotografia se popularizou, chegando ao alcance de todos, virando febre, com o advento dos novos aparelhos celulares. Mercantilistas ou não, os fotógrafos e a fotografia, ela mesma, parte fundamental da realização de um filme, não poderiam deixar de estar na trama principal de várias obras que o cinema concebeu ao longo da sua história.
O Cinema no Palacete do mês de março apresenta alguns dos mais expressivos filmes, cujas personagens lidam com fotografia. Dependendo da época em que se passa a estória, seus equipamentos podem parecer ultrapassados, diante das atuais evoluções tecnológicas, mas suas motivações e sentimentos permanecem atuais.

Dia 2 (quarta feira) – JANELA INDISCRETA (Rear Window)
Direção: Alfred Hitchcock – EUA, 1954
Elenco: James Stewart, Grace Kelly, Thelma Ritter e Raymond Burr
Sinopse: Clássico imperdível de Hitchcock. Um fotógrafo, aqui como um voyeur, que imobilizado devido a um acidente, observa de sua janela, o cotidiano dos moradores dos apartamentos em frente ao seu. Aos poucos, descobre um possível crime que colocará sua vida em perigo. O filme se passa em um só espaço e todo o resto é visto sob o ponto de vista deste personagem. Grace Kelly no auge de sua beleza. Ver e rever muitas vezes. Uma lição de cinema.
Duração: 114 minutos/Colorido
Horário: 17 horas

Dia 4 (sexta feira) – O SAL DA TERRA (The Salt of the Earth)
Direção: Wim Wenders e Juliano Ribeiro Salgado – França, Brasil e Itália, 2015
Elenco: Sebastião Salgado –
Sinopse: Documentário narrando a trajetória do famoso fotógrafo brasileiro, Sebastião Salgado e seu ambicioso projeto “Gênesis”. Pelo olhar do diretor Wim Wenders e do filho do fotógrafo, iremos descobrir regiões até então inexploradas e aspectos magníficos e desconhecidos deste grande artista. Indicado ao Oscar de Melhor Documentário em 2015. Indispensável e imperdível.
Duração: 110 minutos/ Colorido
Horário: 17 horas

Dia 9 (quarta feira) – SALVADOR, O MARTÍRIO DE UM POVO (Salvador)
Direção: Oliver Stone – EUA, 1986
Elenco: James Wood, James Belushi
Sinopse: O famoso e polêmico diretor de Platoon relata as tumultuadas aventuras de um fotógrafo durante a sangrenta guerra civil em El Salvador durante os anos 1980. Iremos assistir ao duro cotidiano de um correspondente de guerra. Indicado a 2 Oscars, incluindo o de melhor ator, além de outros prêmios.
Duração: 122 minutos/ Colorido
Horário: 17 horas

Dia 11 (sexta feira) – BLOW UP, DEPOIS DAQUELE BEIJO (Blow Up)
Direção: Michelangelo Antonioni – Reino Unido, Itália, EUA, 1966
Elenco: David Hemmings e Vanessa Redgrave
Sinopse: Baseado livremente num conto de Julio Cortázar, este grande sucesso internacional de Antonioni, mostra um fotógrafo de moda, na “louca” Londres dos anos 1960, tentando desvendar um crime que teria fotografado por acidente. Ninguém parece interessado em se envolver. Premiado em Cannes, no Globo de Ouro e com 2 indicações ao Oscar, o filme permanece atual como sua inesquecível sequência final.
Duração: 111 minutos/ Colorido
Horário: 17 horas

Dia 16 (quarta feira) – MIL VEZES BOA NOITE (Tusen Ganger God Natt)
Direção: Erik Poppe – Suécia, Irlanda e Dinamarca, 2013
Elenco: Juliette Binoche e Nikolaj Koster Waldau
Sinopse: Uma fotógrafa de guerra precisa enfrentar uma séria decisão: sua família ou sua arriscada profissão. Ela convive com o perigoso dia a dia dos atuais conflitos no Oriente Médio. Seu amor pelo marido e sua filha será mais forte que sua atração pela profissão? Um filme eletrizante com seis premiações em festivais internacionais.
Duração: 117 minutos/ Colorido
Horário: 17 horas

Dia 18 (sexta feira) – A TORTURA DO MEDO (Peeping Tom)
Direção: Michael Powell – Reino Unido, 1960
Elenco: Karlheinz Böhm, Moira Shearer e Anna Massey
Sinopse: Considerada como a obra prima do diretor Michael Powell, mostra a relação entre voyeurismo e violência. Um fotógrafo obcecado em capturar o medo na expressão das pessoas, frutos de traumas de sua infância, leva-o a praticar crimes no intuito de conseguir os seus propósitos. Na época do seu lançamento, nos anos 1960, duras críticas à temática do filme, resultaram na destruição da carreira do diretor, resgatada nos anos 1980 por Martin Scorsese, fazendo com que sua obra fosse revista e devidamente valorizada.
Duração: 101 minutos/ Colorido
Horário: 17 horas

Dia 23 (quarta feira) – AS PONTES DE MADISON ( The Bridges of Madison County)
Direção: Clint Eastwood – EUA, 1995
Elenco: Clint Eastwood e Meryl Streep
Sinopse: Esta estória de amor entre uma dona de casa do interior dos Estados Unidos e um fotógrafo da National Geographic, adaptação do best seller de Robert James Waller, resulta num dos mais belos filmes românticos já realizados pelo cinema de Hollywood. Com ótima direção e atuação de Clint e a sempre garantia de qualidade da performance de Meryl Streep, na sua décima indicação ao Oscar, um filme para ver e rever.
Duração: 135 minutos/ Colorido
ATENÇÃO PARA O HORÁRIO: 16:30 h.

Dia 24 (quinta feira) – O ABUTRE (Night Crawler )
Direção: Dan Gilroy – EUA, 2014
Elenco: Jake Gillenhaal, Renee Russo e Bill Paxton
Sinopse: Um jovem com dificuldades em achar emprego, entra no submundo do jornalismo criminal independente de Los Angeles. A fórmula é correr atrás de crimes e acidentes chocantes, registrando tudo para vender a programas sensacionalistas de TV. Atuação magnífica de Jake Gyllenhaal. Indicações ao Oscar e ao Globo de Ouro, além de mais 6 premiações. Chocante e atual.
Duração: 117 minutos/ Colorido
Horário: 17 horas

Dia 30 (quarta feira) – A PROVA (Proof)
Direção: Jocelyn Moorhouse – Austrália, 1991
Elenco: Hugo Weaving, Geneviève Picot e Russell Crowe
Sinopse: Um jovem cego e fotógrafo, relação improvável, utiliza suas fotografias aleatórias para que alguém descreva as imagens capturadas por ele. A mulher que cuida de sua casa e que nutre um sentimento possessivo pelo rapaz, vai fazer de tudo para atrapalhar a nova amizade que ele inicia com um simpático trabalhador de um restaurante. Filme australiano premiado nos festivais de Cannes, Tóquio, Chicago e São Paulo. Terreno fértil para muitas interpretações.
Duração: 86 minutos/ Colorido
Horário: 17 horas

ENTRADA GRATUITA.
PALACETE DAS ARTES – Rua da Graça, 284
APOIO: VINTAGE VÍDEOS – Rua Cezar Zama, 180 – Loja 3 – Barra –www.vintagevideos.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s