Museu Abelardo Rodrigues promove, durante o mês de março, ações em comemoração ao aniversário da cidade de Salvador

Programação aniversário de Salvador_Museu Abelardo Rodrigues

O Museu Abelardo Rodrigues – (Pelourinho) promove ações educativas durante todo o mês de março integrando as comemorações pela passagem dos 467 anos da fundação da Cidade de Salvador (29/03). Entre as peças que compõem a coleção do Museu, encontra-se uma imagem de São Francisco Xavier que foi proclamado padroeiro da cidade de Salvador em 10 de maio de 1686, quando a Cidade sofria com a epidemia da febre amarela. A peça está em exposição para visitação mediada, com destaque para passagens da vida do Santo e detalhes de sua iconografia. O contexto histórico em que o Santo foi aclamado será tema de referência para o desenvolvimento de ações como rodas de conversas, bate papos e uma mostra educativa fazendo um comparativo entre a questão da saúde e higiene na antiga Salvador e a Salvador da atualidade. Todas as ações são abertas ao público e gratuitas.

De 15 a 23/03, acontece a Exposição Educativa sobre o mosquito Aedes aegypti e as doenças transmitidas por ele, na Galeria II do Solar Ferrão, onde o público vai poder conferir maquetes, cartazes, entre outros elementos sobre o tema. A atividade será acompanhada de mediações e rodas de conversa, com agentes de combate a dengue e a Sra. Gerusa Carneiro, coordenadora do setor de Mobilização e Educação da CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) – SEIZE,  abordando as questões de higiene e saúde de Salvador no século XVII, quando a cidade foi acometida pela epidemia da febre amarela e São Francisco Xavier foi aclamado padroeiro da cidade, pois, morreu vítima dessa doença. Também serão abordadas as condições de saúde e higiene na atualidade, a proliferação das doenças transmitidas pelo mosquito e quais os cuidados devemos ter para evitar sua propagação.

E, para o público infantil, terá a apresentação do Projeto: Xô, xô dengue, que será a realização de uma peça de teatro em busca de conscientizar as crianças para a prevenção da doença, também na galeria II do Solar Ferrão. A peça acontece mediante agendamento com o Museu Abelardo Rodrigues. Ambas as atividades são realizadas em parceira com CCZ – SEIZO, Educação e Mobilização. O  Centro de Controle Zoonoses (CCZ) faz parte da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e trabalha na prevenção, controle e diagnóstico das zoonoses urbanas como: Dengue, Raiva, Leishmaniose e Leptospirose.

A programação conta ainda com a palestra “Passagens marcantes da vida de São Francisco Xavier, padroeiro da Cidade de Salvador e composição iconográfica de suas representações” que acontece em 29/03, às 16h, no museu Abelardo Rodrigues e terá como palestrante o Padre Danilo Pinto, coordenador da Pastoral da Cultura na Arquidiocese de São Salvador e assessor Nacional da CNBB.

“Ciente do papel do museu enquanto agente de difusão do conhecimento e como espaço aberto à reflexão de temas de interesse da comunidade, o Museu Abelardo Rodrigues propõe a realização destas ações educativas estabelecendo diálogos entre o passado e o presente histórico da nossa cidade, contribuindo para ampliar nossa consciência cidadã e, consequentemente, o nosso sentido de pertencimento e de atuantes no processo histórico”, comenta Osvaldina Cezar, coordenadora do Museu Abelardo Rodrigues.

 

A imagem de São Francisco Xavier

sc20k6_abelardo11 002

Entre as peças que compõem a coleção formada pelo advogado pernambucano Abelardo Rodrigues (1908-1971), encontra-se uma imagem de São Francisco Xavier, confeccionada em madeira, datada do século XVIII.

Francisco nasceu na Espanha em 1506. Como missionário destacou-se por sua ação evangelizadora, colaborando com a fundação da Companhia de Jesus. Em meio às peregrinações, foi acometido pela febre amarela, vindo a falecer no ano de 1552, na China. São Francisco Xavier foi proclamado padroeiro da cidade de Salvador no dia 10 de maio de 1686, por bula solene, como reconhecimento dos soteropolitanos pela sua intercessão já que, na época, a cidade enfrentava grande surto de febre amarela que dizimou grande parte da população.

 

O museu Abelardo Rodrigues

Abelardo Rodrigues_Foto_ Genilsoncoutinho 129

O Museu Abelardo Rodrigues foi fundado a 05 de novembro de 1981 e encontra-se instalado no andar nobre do Centro Cultural Solar Ferrão, edificação construída no final do século XVII e início do século XVIII, situado à Rua Gregório de Mattos, 45 – Pelourinho. Este equipamento cultural está vinculado à Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico Cultural – DIMUS / IPAC e possui um acervo formado por 808 peças, em sua maioria, representativas do Barroco Colonial datadas dos séculos XVII ao XX e confeccionadas em materiais diversos.

O acervo, composto por oratórios, imaginária, crucifixos, imagens de roca, maquinetas, crucificados, tela e mobiliário sacro, permite a realização de ações socioculturais e educativas, voltadas para diferentes públicos, ampliando o potencial didático, artístico e documental da coleção.

 

Visitação: terça a sexta, de 12h às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 12h às 17h

Entrada: grátis

Rua Gregório de Mattos, 45, Pelourinho – Salvador (BA)

(71) 3117-6440

O Museu Abelardo Rodrigues integra os espaços administrados pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s