Exposições, palestras e lançamentos marcam a programação do MAB na Semana Santa

DSC_0778

O Museu de Arte da Bahia promove  na próxima quarta-feira (23), às 19h, a primeira edição da série Diálogos Contemporâneos do ano, com palestra de Léo, Ogan do Candomblé da Casa Branca, que vai falar sobre “As águas de Oxalá”, a origem deste ritual e como ele se realiza na Casa Branca. A entrada é franqueada ao público.
Nos dias 24, 26 e 27, feriados de Semana Santa, o MAB  estará aberto à visitação do público com a mostra das coleções de pintura e artes decorativas dos séculos XVIII e XIX, que compõem o rico acervo do museu, além da ala religiosa, onde se pode apreciar  pinturas, que representam cenas da Paixão de Cristo e a expressiva coleção de Imagens que se remetem às principais invocações da Virgem Maria e dos Santos Católicos, que se destinava originalmente, nos séculos XVII e XIX, a povoar os oratórios particulares sempre presentes nas casas e solares da Bahia.
O visitante poderá, também, apreciar a exposição de arte surrealista do artista plástico Fábio Magalhães intitulada  “Além do invisível-Aquém do intangível”, e visitar a sala “Madeiras do Brasil”, composta de seiscentos tipos de madeira, muitas delas já inexistentes nas nossas florestas. Com exceção da sexta-feira Santa, o MAB fica aberto todos os dias da Semana Santa das 14h às 18h.
MAB HOMENAGEIA SALVADOR
Sem título-2
No dia 29 (terça-feira), às 19h, em comemoração aos 467 anos da cidade, será aberta a exposição “Iconografia de Salvador”,  a mostra,  representada através de gravuras, desenhos, mapas, pinturas e aquarelas, na visão de artistas estrangeiros que por aqui passaram, nos séculos XVII, XVIII, XIX e registraram essas riquezas iconográficas que estarão expostas no andar térreo do MAB.
No mesmo dia 29, o professor, artista plástico e antropólogo,  Renato da Silveira fará uma palestra no auditório do Museu sobre “Cidades”.
Ele contextualizará a mostra com a homenagem ao aniversário de Salvador, cidade-mãe do Brasil.
Na quarta-feira (06.04), acontece a segunda edição dos Diálogos Contemporâneos com o lançamento do livro “O universo de J. Cunha”, do artista visual J. Cunha. Por ocasião do lançamento, ficarão expostas algumas obras do artista no hall do MAB.
O Museu de Arte da Bahia é uma instituição do Governo do Estado, vinculado diretamente ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural ( IPAC), autarquia da SecultBA.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s