MAB COMEMORA ANIVERSÁRIO DE SALVADOR COM EXPOSIÇÃO ICONOGRÁFICA

Gravura barcos letras_3970

O Museu de Arte da Bahia abre nesta terça-feira (29), às 19h, a exposição “A Iconografia da Cidade do Salvador” que homenageia os 467 anos de fundação da cidade-mãe do Brasil. A mostra apresenta um total de 20 peças pertencentes ao acervo do Museu, que retratam a cidade Alta, Baixa e a Baía de Todos os Santos no período do século XVI a XIX, abrangendo gravuras, aquarelas e desenhos criadas por artistas e viajantes estrangeiros que por aqui passaram. As peças incluem obras do fotógrafo Victor Frond, que retratou o trecho da antiga Alfândega e a Igreja de N.S. da Conceição,  numa litografia assinada em Paris de 1861; a aquarela – edição fac-simile – do álbum do artista Emeric Essex Vidal com “Vista panorâmica de São Salvador da Bahia de Todos os Santos” (1835 – 1837; quatro gravuras do perfil de Salvador durante a invasão Holandesa (1624) do autor Claus Jans Visseher (impressa em Amsterdã em 1657); litogravura colorida produzida na Holanda do séc. XVII retratando “Tomada de um carregamento de açúcar na Baía de Todos os Santos “.
 

Segundo o curador da exposição e diretor do MAB, Pedro Arcanjo, esta mostra “é significativa para divulgar o acervo do museu e atrair visitantes que poderão participar de ações complementares, como a palestra do antropólogo-artista, Renato da Silveira, que falará e exibirá imagens de aproximadamente 300 cidades do mundo, redesenhadas por ele. Uma roda de conversa também discutirá as últimas intervenções paisagistas realizadas nesses grandes centros urbanos e bairros de Salvador como Rio Vermelho e Barra”.

O MAB é vinculado ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural – IPAC – autarquia da SecultBA.
 
Durante a exposição estarão expostos, também, livros raros do acervo da Biblioteca do MAB José Pedreira, possibilitando uma melhor compreensão dos fatos históricos, da evolução da cidade em diferentes aspectos. Entre eles, “Centro Histórico de Salvador”, obra de registros da Cidade de São Salvador de 1946 a 1952, assinada por Pierre Verger. “Notícia Geral da Bahia”, uma preciosidade, é uma edição fac-símile, que informa sobre a Capitania da Bahia desde o seu descobrimento até o ano de 1759.
 
A entrada é gratuita, e a exposição ficará aberta para visitação até 30 de abril, das 13h às 19h de segunda a sexta-feira, e das 14h às 18h aos fins de semana e feriados.
 
ASCOM – MAB
Jornalista responsável: Susana Serravalle
Mídias digitais: Mateus Brito
Design: Joel Calixto
Contatos: 55 71 3117 6901/ 02
Facebook: Museu de Arte da Bahia
End: Av Sete de Setembro 2340, Corredor da Vitória
Salvador – Bahia
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s