PROGRAMAÇÃO DE ABRIL NO PALACETE DAS ARTES APRESENTA CINEMA, MÚSICA, LITERATURA E DIVERSÃO

 

palacete-das-artes

 

A semana de 4 a 8 de abril já começa recheada de cultura no Palacete das Artes. Em apresentação inédita na Sala Contemporânea do museu, na quarta (6), às 18h, a Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) realiza o concerto batizado como “Dissonâncias”, com a regência do maestro Carlos Prazeres, atual curador artístico da Sinfônica da Bahia. Já no dia 8, também às 18h, oInstituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac), vinculado a Secretaria de Cultura do Estado (Secult) lança a Revista número 1, com um estudo inédito no Brasil, relacionado ao registro de bens imateriais como instrumento constitucional garantidor de direitos culturais.

O Cinema no Palacete apresenta a série ‘A Vida Secreta de uma Obra-Prima’, que promete passear por diferentes épocas, escolas e artistas, em uma releitura de marcos fundamentais da cultura ocidental. Para mostrar o Impressionismo e Pós-Impressionismo exibe: dia 1º (sexta feira) – O Baile no Moinho de La Galette (Auguste Renoir), dia 6 (quarta feira) – Os Girassóis (Vincent Van Gogh), dia 8 (sexta feira) – Um Domingo à Tarde na Ilha da Grande Jatte (Georges Seurat); Século XX: dia 13 (quarta feira) – As Senhoritas d’Avingnon (Pablo Picasso), dia 15 (sexta feira) – O Beijo (Gustav Klimt), dia 20 (quarta feira) – Cristo de São João da Cruz (Salvador Dali); Escultura: Dia 22 (sexta feira) – David (Michelangelo), dia 27 (quarta feira) – A Pequena Dançarina de Quatorze Anos (Edgard Degas), dia 29 (sexta feira) – O Beijo (Auguste Rodin). Todos os filmes serão exibidos às 17h e reprisados às 18h.

Com sucesso de público, nas manhãs de domingo (10 e 24 de abril) acontece – nos jardins do Palacete – das 8h30 às 9h30, o projeto “Amanhecer com Yoga”. Coordenado pela professora Carla Dantas, as aulas auxiliam no combate ao stress e ampliação da capacidade respiratória, melhorando a qualidade do sono. Quem quiser participar deve trazer algo para forrar o chão (como tapete de Yoga ou colchonete).

No dia 15 de abril, às 18h, o museu vai sediar o lançamento do livro “O Sangue é Agreste”, de Ian Fraser. Com formação em Comunicação Social com ênfase em Cinema e Vídeo, o autor publica seu primeiro livro pelo selo baiano João Ubaldo Ribeiro, através do prêmio Jovem Autor Inédito. Trata-se da história de um homem perdido em suas próprias memórias, que apresenta um clima western, ambientado no sertão, e traz em sua narrativa todas as referências da formação cinematográfica do autor. “O Sangue é Agreste” apresenta desde ícones do cinema como Alfred Hitchcock e John Ford a grandes da literatura como Gabriel Garcia Márquez e J.R.R. Tolkien. O livro busca recursos como ilustração, roteiros de cinema, cordel e poesia, para marcar as ações dos seus personagens de forma criativa e envolvente. Mais informações no site www.oslivrosdosertao.com.br

Interessados em ter uma experiência de canto coral e absorver a cultura tradicional das rezas em louvor a Santo Antônio podem se inscrever no projeto Oratório de Santo Antônio, idealizado pelo maestro Keiler Rêgo.  A oficina preparatória terá inicio em 30 de abril, no Palacete, e resultará em apresentações na Trezena de Santo Antônio, de 1° a 13 de Junho. O Oratório busca preservar uma das mais tradicionais festas católicas do mundo: o culto ao santo de origem portuguesa, nascido em Lisboa em 1195. A oficina, que culminará com as apresentações públicas do Oratório, proporcionará uma releitura de tradicionais cantos, ao mesmo tempo em que com as aulas desenvolvem-se técnicas vocais, percepção e teoria musical. Mais detalhes no e-mail regoclara@gmail.com.

Das exposições em cartaz, o público não pode deixar de conferir, no segundo pavimento do museu, a mostra “A Via Sacra de Almira Reuter”, com curadoria do renomado artista visual e crítico de arte César Romero.  Composta de 14 quadros em acrílica sobre tela, a exposição apresenta as 14 estações da via dolorosa de Jesus Cristo, através de uma poética expressionista que reúne as riquezas da cultura afro-brasileira presentes na cultura baiana. Acompanha a projeção um dvd com imagens das pinturas e narração do curador. A artista apresenta os caminhos da passagem de Cristo do pretório de Pôncio Pilatos ao calvário, na maior feira livre da capital baiana, situada entre a Baía de Todos os Santos e Avenida Oscar Pontes, no Comércio.

Durante todo o mês de abril estará à disposição do visitante a exposição Tudo é Corpo, da artista visual Clara Domingas, na Galeria Mansarda. A mostra, que já foi vista por mais de 1300 pessoas, é uma instalação de desenhos em preto e branco, onde o público tem a oportunidade de conferir imagens de desertos, nuvens, penhascos, cavidades ósseas, mudras, cabeças cortadas, gruas e drones. Feitos em tecido transparente, a composição no espaço sugere caminhos a serem percorridos pelo público, livre para co-imaginar a obra, em interação direta com o trabalho da artista.

O Palacete recebe, de 27 de abril a 26 de junho, a exposição Brinquedos à Mão – Coleção Sálua Chequer, com mais de mil e trezentos objetos utilizados pela infância de antigamente e ainda muito presentes nas comunidades interioranas do Nordeste brasileiro. O acervo pertence a Sálua Chequer, colecionadora e pesquisadora de cultura popular, que assina a curadoria da mostra junto com o artista visual Zé de Rocha. O projeto é uma idealização e realização da Trevo Produções, com apoio financeiro do Governo da Bahia (Edital Agitação Cultural: Dinamização em Espaços Culturais), através do Fundo de Cultura da Bahia, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia. O público de professores de educação infantil e psicólogos também será contemplado com a oficina Resgate de brincadeiras tradicionais, parlendas e estórias, que será ministrada pela própria pesquisadora Sálua Chequer.

Além de visitar o Palacete Bernardo Martins Catharino, construído em 1912, e apreciar, nos jardins, as quatro esculturas do escultor Auguste Rodin, o público pode desfrutar de um agradável café bar e conferir na lojinha (andar térreo do casarão), obras de literatura voltadas para as artes plásticas, catálogos, indumentárias, gravuras, além de postais.

O Palacete das Artes é um órgão vinculado ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural/Secretaria de Cultura. Funciona de terça a sexta, das 13h às 19h, e sábados, domingos e feriados, das 14h às 19h. Mais informações no tel. 71 3117 6987, e site www.palacetedasartes.ba.gov.br

Anúncios

4 respostas em “PROGRAMAÇÃO DE ABRIL NO PALACETE DAS ARTES APRESENTA CINEMA, MÚSICA, LITERATURA E DIVERSÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s