“O programa fortalece as políticas de proteção ao patrimônio do estado”, diz superintendente da SecultBA, Alexandre Simões

convite-narrativas-santo-amaro

“O programa ‘Narrativas Patrimoniais’ da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA) oferece mais espaço de diálogo e troca de informações, reunindo pesquisadores, estudantes, acadêmicos e produtores culturais para fortalecer as políticas públicas de proteção ao patrimônio cultural baiano”. Com essas palavras, o superintendente de Promoção Cultural (Suprocult) da SecultBA, Alexandre Simões, destaca a importância do programa estadual ‘Narrativas Patrimoniais – Diálogo, Fomento e Qualificação’, que acontece amanhã (24), às 14h, no Convento dos Humildes, em Santo Amaro, no Recôncavo baiano.

O programa é coordenado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), com apoio da Suprocult, e foi aberto em Salvador no último dia 17 (maio/2016), no Palacete das Artes, um dos museus do IPAC. Depois de Santo Amaro, o programa segue para Jequié, Serrinha, Ilhéus, Palmeiras, Capim Grosso, Cachoeira e Cabaceiras do Paraguaçu. O objetivo é fornecer orientação técnica e estimular proponentes de projetos culturais. Podem participar produtores, agentes, ONG, estudantes, gestores, pesquisadores e outros profissionais interessados.

DSC_0068

O ‘Narrativas’ auxilia os participantes a conhecerem projetos bem-sucedidos via linhas de financiamento da SecultBA/Suprocult/IPAC que contemplam os setores de museologia, arquitetura, urbanismo e patrimônio cultural. “A parceria Suprocult/IPAC é fundamental já que a superintendência coordena o Sistema Estadual de Fomento e Financiamento da Cultura e as linhas de apoio do Fundo de Cultura”, diz o diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira. Segundo ele, o ‘Narrativas Patrimoniais’ conta ainda com participação do ‘Bahia Criativa’, escritório público de suporte a profissionais e empreendedores que atuam nos setores criativos, também da Suprocult.

PROGRAMÇÃONa programação de amanhã (24) em Santo Amaro, as palestras ‘O antes e o depois do tombamento e do registro especial’ com as gerentes de Patrimônio Imaterial, Nívea Santos, e a de Patrimônio Material do IPAC, Roberta Ventura. Depois, explanação sobre a restauração de bens móveis do Convento dos Humildes, com a gerente de Restauro (Cores) do IPAC, Káthia Berbert. Ao final, a apresentação de projetos bem-sucedidos do Fundo sobre ‘Samba de Roda’ com a proponente, Luciana Maria de Lima Barreto.

Para o diretor Promoção/Suprocult, Matias Santiago, o fomento cultural existe a partir da mobilização, qualificação e orientação. “Esse programa do IPAC/Suprocult possibilita o acompanhamento junto ao cidadão e ao agente cultural para que ele se torne um proponente de projetos”, conclui. A ficha de inscrição para o ‘Narrativas Patrimoniais’ está no link https://goo.gl/ce9E1u. A inscrição é gratuita e as vagas limitadas. Mais informações via telefone (71) 3117-7482 e endereço narrativaspatrimoniais@ipac.ba.gov.br. Acesse o site www.ipac.ba.gov.br, facebook ‘Ipacba Patrimônio’, twitter ‘@ipac_ba’ e instagram ‘@ipac.patrimonio’.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s