Projeto “Quem Somos” une LabDimus e Museu Tempostal à comunidade do Pelourinho

 

quem-somos-tempostal

O LabDimus (Laboratório de Educação Digital: Museu, Arte e Cultura)  promove, em parceria com o setor educativo do Museu Tempostal, o projeto “Quem Somos” junto a jovens moradores da comunidade do Pelourinho, onde estão localizados os dois equipamentos da Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (DIMUS/IPAC). O projeto acontece em 08/07, às 9h, no Museu Tempostal. Participam alunos do ensino Fundamental II do Colégio Estadual Azevedo Fernandes, também localizado no Pelourinho.

Através dos conhecimentos de história, cultura e do patrimônio do Centro Histórico de Salvador, o projeto pretende contribuir para a valorização dos jovens como participante nas transformações do bairro onde residem. “É extremamente importante promover a valorização da história local e dos espaços culturais que são considerados dispositivos de inclusão social e cidadania. Por meio do desenvolvimento de atividades podemos despertar o interesse do público para com a história do lugar em que vivem”, explica Ana Liberato, diretora da DIMUS.

O objetivo do projeto é estimular a comunidade a compreender, através do reconhecimento da sua história, o seu papel social, partindo de questões referentes à memória e identidade. Perante um processo que inclui rodas de conversas, contextualização de obras de arte e heranças culturais, a atividade busca levar os jovens estudantes a elaborarem novos sentidos e significados  sobre fatos históricos, em que eles deverão chegar ao reconhecimento e valorização do Pelourinho, desenvolvendo um novo olhar sobre o passado e o presente.

 

Os espaços Dimus/Ipac

O LabDIMUS (Rua Gregório de Mattos, 39 – subsolo, Praça das Artes – Pelourinho) desenvolve atividades direcionadas às novas mídias digitais, propondo, executando e avaliando as oficinas que desenvolve. Buscando atividades com grupos escolares e público em geral, o LabDIMUS faz a interlocução entre as novas tecnologias e as coleções em exposição nos museus da DIMUS. Com isso, pretende manter o intercâmbio com as instituições de ensino de forma interdisciplinar, contribuindo para a melhoria da educação formal a partir da promoção de oficinas de interesse de professores e estudantes. As atividades integram as diversas linguagens da comunicação: sonora, visual, impressa e audiovisual.

 

O acervo do Museu Tempostal (Rua Gregório de Mattos, 33, Pelourinho) é composto por postais, estampas e fotografias, em sua maioria, procedentes da coleção de Antônio Marcelino do Nascimento. As peças, datadas do final do século XIX e meados do século XX, representam imagens de valor histórico, artístico e documental, não só da Bahia e do Brasil, mas também de diversos países do mundo, sobre as mais variadas temáticas.  O Museu Tempostal integra os espaços administrados pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA).

 

O LabDimus e o Museu Tempostal integram a Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (DIMUS/IPAC), unidade vinculada a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s