Palestras, apresentações musicais e exibição de filmes sobre a obra de G.I. Gurdjieff acontecem dias 16 e 30 de julho, no Palacete das Artes 

div

Quem sou eu? Por que estou aqui? Qual o propósito da vida, e da vida humana em particular? Para ajudar a meditar sobre essas questões, ligadas aos ensinamentos de Ge­orge Ivanovitch Gurdjieff, o Palacete das Artes vai sediar nos dias 16 e 30 de julho, das 15h às 19h30, diversas atividades promovidas Grupo Gurdjieff da Bahia.

Gurdjieff afirmava que, devido às condições anormais da vida moderna, nós não funcionamos mais de forma harmoniosa. Ele ensinou que para nos tornarmos harmoniosos, devemos desenvolver novas faculdades e concretizar potencialidades latentes através de um trabalho sobre si mesmo. Apresentou seus ensinamentos e ideias em três formas: escritos, música e movimentos, que correspondem ao nosso intelecto, emoções e corpo físico.

Durante o evento será exibido o filme britânico ‘Encontros com Homens Notáveis’, de Peter Brook. Dirigido por Peter Brook e baseado no livro homônimo de G. I. Gurdjieff, conta a história de G.I. Gurdjieff e suas viagens em busca da iluminação e do desenvolvimento interior. Práticas de movimento, com danças sagradas e música ao vivo (piano) também integram a agenda. 

Sobre o Instituto: A Sociedade para Estudo e Pesquisa do Homem – Instituto Gurdjieff da Bahia – é uma associação civil, sem fins lucrativos. Promove a orientação de homens e mulheres para que desenvolvam em plenitude seu papel na sociedade atual e a orientação de pais para a educação de seus filhos.

Gurdjieff nasceu em Alexandropol (Armênia), no sul da Transcaucásia russa. Em 1913 apareceu em Moscou com um ensinamento totalmente desenvolvido e começou a organizar a seu redor grupos de alunos oriundos principalmente da intelligentsia. A partir deste momento, os contornos de sua vida podem ser traçados mais claramente. Tanto o escritor russo P. D. Ouspensky quanto o compositor Thomas de Hartmann descrevem a continuidade de seu trabalho durante os tempos difíceis da Revolução bolchevista e a viagem que ele e seus seguidores fizeram ao Caucaso (1917), daí à Constantinopla (1920) e finalmente a Fontainebleau, França, ao sul de Paris, onde, em 1922, ele foi capaz de estabelecer em bases mais firmes seu Instituto para o Desenvolvimento Harmonioso do Homem no Prieuré d´Avon.

Acompanhe a programação e participe!
15h às 15h15 – Apresentação do portfólio do Instituto Gurdjieff da Bahia, com músicas de Gurdjieff de fundo
15h15 às 15h45 – Prática de Movimentos
16h às 17h30 – Projeção do Filme – Encontros com Homens Notáveis, de Peter Brook
17h30 às 18h – Intervalo
18h às 18h30 – Prática de Recolhimento/Meditação
18h30 às 19h30 – Intercâmbio sobre as experiências do dia
 
SERVIÇO
16 e 30 de julho, das 15h às 19h30
Atividades culturais do Grupo Gurdjieff da Bahia
Palacete das Artes – Rua da Graça, 284
www.palacetedasartes.ba.gov.br
71 3117 6984/6987 – Entrada gratuita

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s