Programação dos Museus Dimus/IPAC – 06 a 11/01

Programação dos Museus Dimus/IPAC – 05 a 11/01

DESTAQUES

Oficinas gratuitas dão início às atividades de 2017 no LabDIMUS

O ano de 2017 já começou com um calendário de atividades gratuitas no LabDIMUS (Laboratório de Educação Digital: Museu Arte e Cultura). Confira abaixo a programação:

– OFICINA DE EXPERIMENTAÇÃO FOTOGRÁFICA:
A atividade, que acontece no dia 10/01 (terça-feira) às 13h30, visa trabalhar o olhar do participante através da experiência da fotoprojeção, e será dividida em três momentos: teoria (breve histórico sobre fotografia, o enquadramento e a iluminação); prática (saída fotográfica no Pelourinho) e a experimentação (criação de uma fotoprojeção utilizando as fotografias feitas pelos participantes, os quais devem levar dispositivos móveis , como câmera, celular e etc.). A oficina é voltada para iniciantes com idade a partir de 16 anos, e será ministrada por Marina Lima.

– OFICINA DE ORIGAMI:
Voltada para crianças a partir de 10 anos, a oficina vai acontecer no dia 11/01 (quarta-feira) às 10h. Com a proposta de desenvolver o raciocínio lógico, noções de medida e de geometria, e potencializar a criatividade, auto-estima e coordenação das crianças, a construção dos origamis trabalha a percepção, imaginação e apreciação artística dos praticantes. A coordenação será do artista plástico Agdo Calheiros.

– OFICINA DE DESENHO.
Ainda no dia 11/01 (quarta-feira), às 14h, será realizada a oficina de desenho. Também sob coordenação de Agdo Calheiros, a experiência visa desenvolver e analisar linguagens variadas do desenho artístico, através de desenhos de observação, imaginação, criação e memória. Serão utilizados instrumentos para desenho, além de exercícios que buscam aflorar a criatividade dos participantes. A atividade é voltada para iniciantes a partir de 14 anos, e contará com quatro encontros (sempre as quartas).

As inscrições para todas as oficinas podem ser realizadas através dos contatos: 3117-6714 ou labdimus@gmail.com.


Serviço:  Oficina de Experimentação Fotográfica, com Marina Lima
Quando: 10/01 (terça-feira) às 13h30h

Serviço:  Oficina de Origami, com Agdo Calheiros
Quando: 11/01 (quarta-feira) às 10h

Serviço:  Oficina de Desenho, com Agdo Calheiros
Quando: 11/01 (quarta-feira) às 14h

Endereço:  Rua Gregório de Matos, 39 – subsolo, Praça das Artes – Pelourinho
Inscrições: gratuitas, através dos contatos: 3116-6714 ou labdimus@gmail.com

O LabDIMUS integra a Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (DIMUS/IPAC), unidade vinculada a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).

Últimos dias para conferir a exposição
‘Meu Pedacinho no Presépio’ no Museu Udo Knoff

presepio_museu-udo-12

Na sexta-feira (06/01) às 15h, acontece o encerramento da exposição ‘A Ponte Lúdica – Meu Pedacinho no Presépio’ no Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica (Rua Frei Vicente, 03, Pelourinho). A mostra, que foi destaque em vários meios de comunicação, é resultado do projeto da confecção de um presépio com membros de instituições sociais, realizado em parceria com o ceramista uruguaio Sérgio Centurión Centurión.

Ao longo dos meses de outubro e novembro, as oficinas foram realizadas com diversos públicos, como as crianças da Escola Municipal Vivaldo Costa Lima e da Escola Paroquial Santana; os jovens da Escola Ignácio Lunely e do Instituo de Cegos da Bahia; e o grupo da terceira idade do Multicentro de Saúde da Liberdade – Bezerra Lopes. A ação é um desdobramento do projeto ‘A Ponte Lúdica’, realizado no ano de 2014 com o ceramista.

De acordo com a coordenadora do museu, Renata Alencar, ‘A Ponte Lúdica – Meu Pedacinho no Presépio’ tem o objetivo didático de democratizar a arte e aflorar a criatividade dos participantes através de atividades envolvendo a cerâmica. “Desta forma, mostra que todas as pessoas possuem um potencial artístico e podem ser criadoras das suas próprias obras de arte”, disse Renata.

Para Sérgio, a proposta foi desenvolver o fazer artístico e despertar reflexões sobre o comportamento humano. “É uma ação sociocultural, destinada a expressar uma esperança coletiva a respeito da vida, sua potencialidade e sonhos de superação que todo ser humano abriga no âmago da sua alma”, explica Centurión Centurión.

No encerramento da mostra, que acontece às 15h, os participantes vão levar consigo as obras que confeccionaram: os “pedacinhos do presépio”. Estarão presentes o artista plástico e membros das instituições que firmaram parceria com o Museu Udo Knoff durante o processo.

Serviço: Exposição ‘A Ponte Lúdica – Meu Pedacinho no Presépio’
Local: Museu Udo Knoff (Rua Frei Vicente, 03, Pelourinho) – (71) 3117-6389
Visitação: terça a sexta, 12 às 18 horas, sábado e domingo e feriados, 12 às 17 horas
Entrada: grátis
Contatos: (71) 3117-6389 / 99130-3605/98725-2301 |  artsccenturion@gmail.com

O Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica (Rua Frei Vicente, Pelourinho) é um equipamento da Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (DIMUS/IPAC) – unidade vinculada à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).

Exposição ‘Mestres da Capoeira: Em Busca da Oralidade Perdida’
em cartaz no Centro Cultural Solar Ferrão

fotos_mestres-de-capoeira_solar-ferrao_fernando-barbosa-8

A exposição ‘Mestres da Capoeira – Em Busca da Oralidade Perdida’ está aberta à visitação na Galeria do Centro Cultural Solar Ferrão (Pelourinho) e fica até 19/02/2017. O projeto reúne relatos de nove dos mais importantes Mestres de Capoeira baianos, que resultaram em uma exposição interativa de registro das histórias e experiências vividas por eles e que vinha sendo transmitida pela oralidade e, portanto, com grande risco de perda.

Todos os Mestres foram entrevistados pessoalmente e, destes encontros, foram feitos vídeos, textos, fotos e reprodução de objetos pessoais relevantes para a narrativa de suas histórias. A mostra é composta ainda por registros de jornais e materiais de época, além de outros elementos coletados em que apresentam ao público esta perspectiva da história, por ora, restrita aos mestres que viveram as experiências.

Serviço: exposição ‘Mestres da Capoeira – Em Busca da Oralidade Perdida’
Local: Galeria do Centro Cultural Solar Ferrão
Período: até 19/02/2017
Visitação: terça a sexta, de 12h às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 12h às 17h
Entrada: grátis
Endereço: Rua Gregório de Matos, 45 – Pelourinho, Salvador (BA)
Telefone: (71) 3116-6743/ Lila Lopes: 99613-0856 (lilarlopes@hotmail.com)

O Solar Ferrão integra os espaços administrados pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA).

Anúncios