Festival Caymmi e Feira de Arte reúnem 4 mil pessoas neste fim de semana (8 e 9) no Aclamação e Passeio Público

Neste final de semana (8 e 9), dois grandes eventos devem reunir cerca de 4 mil pessoas no Passeio Público e Palácio da Aclamação, localizados próximo ao Campo Grande, em Salvador. Das 11h às 17h, acontece no palácio a feira ‘Pedra Papel Tesouro’ com 40 artistas que comercializam suas obras de arte, incluindo lanches naturais nos jardins e canjas musicais no salão. Já o Passeio Público terá o Festival Caymmi de Música com cerca de 20 atrações. Das 8h às 16h, o Caymmi terá feira e atividades educativo-culturais. Já os shows musicais começam às 16h e vão até às 20h. Música, gastronomia, meditação, yoga, saraus, vitrolagem e oficinas, compõem o Caymmi.

Palácio e Passeio Público pertencem ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) e se consolidam como referência para artistas e produtores culturais da capital baiana. O Passeio Público foi reaberto pelo IPAC em 2015 após reforma de estatuária, calçadas, ruas, paisagismo e instalação de câmera de segurança 360°. “Também recuperamos o pórtico de entrada do Passeio e fizemos pintura de todos os muros e paredes, além da retirada de 60 toneladas de lixo e entulho que estavam na encosta do parque com a Rua Gamboa de Cima”, explica o diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira.

PALÁCIO – R$ 12 MILHÕES Há dois anos o espaço recebe eventos de arte, cultura, esporte, lazer, além de eventuais atividades da Universidade Livre Teatro Vila Velha. Feiras de livros e arte, mostras ao ar livre e performances, lançamentos de campanhas, ópera, coral, ensaios fotográficos e gravações de vídeo acontecem também no Aclamação e Passeio Público. Praticantes de capoeira, tai chi chuan, yoga, meditação e responsáveis por outros eventos locais, nacionais e internacionais também procuram o IPAC para utilizar o Palácio e o Passeio.

“O MinC já aprovou o Projeto de Restauração do Palácio da Aclamação na Lei Rouanet com investimento de R$ 12 milhões; mas, enquanto procuramos patrocínio, não deixamos os espaços públicos fechados para a população que demanda excelentes projetos”, explica o diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira. Outra importante iniciativa do IPAC para o local foi a assinatura de convênio com o Núcleo de Ópera (NOP) que faz ensaios e apresentações e mantém um Coral no Aclamação.

FESTIVAL INTERNACIONAL Já em maio, no período de 4 à 7, o Palácio da Aclamação receberá o ‘Festival de Ilustração e Literatura Expandido’, evento internacional com artistas da Espanha, Colômbia, México, Chile, Portugal e Brasil. A ocupação do Passeio/Aclamação integra o Programa de Dinamização de Espaços do IPAC. No Pelourinho o IPAC tem largos, praças, estacionamentos e museus. Na Avenida Contorno, o MAM/Unhão. Na Graça, o Palacete das Artes. No Corredor da Vitória, o Museu de Arte. Todos com programação e frequência de público permanentes. “A JAM no MAM reúne mais de 1.000 pessoas a cada sábado”, completa João Carlos.

Segundo o diretor do IPAC, o Passeio foi inaugurado há 207 anos como horto botânico (1810) após a passagem da família real portuguesa em Salvador (1808), formando hoje, juntamente com o palácio, um importante complexo arquitetônico-histórico e urbanístico sob responsabilidade do IPAC. O Aclamação foi palácio-residência dos governadores da Bahia de 1917 a 1967, após ampliação do anterior Palacete dos Moraes originário do século XIX. O palácio também sedia a Diretoria de Museus (Dimus) do IPAC. O Instituto atua no estado que tem 417 municípios, coordenando a política de proteção aos bens culturais, materiais e imateriais, além da política de museus em toda a Bahia.

No interior, o IPAC tem os museus Recôncavo (Candeias) e Recolhimento (Santo Amaro), além do Parque Castro Alves (Cabaceiras) e da Casa do IPAC de Residências Artísticas (Cachoeira). O Aclamação recebe campanhas como a Semana de Museus (http://goo.gl/m5nqBU), a Primavera de Museus (http://goo.gl/4qtMUO) e a #MusEuCurto (http://goo.gl/RAfrvM), dentre outras. Conheça os museus do IPAC no sitewww.ipac.ba.gov.br/museus e no vídeo https://goo.gl/HriC4J. Fique informado: www.ipac.ba.gov.br, facebook Ipacba Patrimônio, twitter @ipac_ba e instagram @ipac.patrimonio.

Anúncios