Últimos dias da exposição sobre o Dois de Julho na Estação Pirajá de metrô

2 de Julho CCR (1)

A mostra “Salve o Dois de Julho: Memórias da Independência da Bahia” fica em cartaz
até  domingo (09/07) trazendo fotos, postais e textos sobre a data magna baiana

Quem ainda não viu a mostra “Salve o Dois de Julho: Memórias da Independência da Bahia” terá até o próximo domingo (09/07) para conferir. O Dois de Julho, data da entrada triunfal das tropas libertadoras brasileiras na tomada da capital baiana dos portugueses (em 1823) é o tema da nova exposição que a Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (DIMUS/IPAC) faz em parceria com a CCR Metrô Bahia. A exposição fica em cartaz na Estação Pirajá de metrô.

A exposição é composta por 20 painéis que contam a história da data magna da Bahia, através de fotos e postais do acervo do Museu Tempostal e acervo do Ipac/SecultBA; e referências do livro “História da Bahia”, do historiador baiano Luís Henrique Dias Tavares. Nos painéis, o público poderá conhecer mais sobre os acontecimentos no roteiro do evento que reúne localidades como o bairro de Pirajá, antiga estrada das Boiadas – atual Avenida Lima e Silva – e da Lapinha.

 

Um dos destaques é o bairro de Pirajá, um dos mais antigos de Salvador. Surgido a partir de engenhos de açúcar e das missões jesuíticas instaladas na Bahia no período da colonização, o bairro foi palco da principal batalha travada entre os soldados brasileiros e o exército português. A batalha aconteceu em 08 de novembro de 1822, durou oito horas e envolveu cerca de quatro mil homens na área de Cabrito – Campinas – Pirajá, sendo considerada a mais alta demonstração da resistência brasileira ao longo da campanha militar pela independência.

Memória – A parceria com a CCR Metrô Bahia vem sendo construída desde início do ano passado pelo diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira, como forma de política pública para os museus. “É fundamental mostrar os ricos acervos dos museus do IPAC em outros locais e convidar a população a conhecê-los”, explica João Carlos. Segundo ​ele, o Cortejo 2 de Julho​ é ​Patrimônio da Bahia via Decreto 10.179/06, retificado no Decreto 11.632/09​, graças às pesquisas e dossiê do IPAC. “Os bens culturais imateriais, como o ‘Dois de Julho’ asseguram a memória de um povo, sua história e cultura”, diz o diretor geral do IPAC, João Carlos Oliveira. Segundo ele só se valoriza o que se conhece. “Por isso, todos nós, agentes públicos e sociedade em geral precisamos conhecer a riqueza e importância da nossa história e nosso patrimônio cultural para poder preservá-lo”, alerta Oliveira.

“A concessionária apoia parcerias como essa com o IPAC para que os usuários do metrô e o público em geral possam conhecer de perto a diversidade cultural. Projetos educativos e culturais, como exposições, são apoiados pela CCR Metrô Bahia porque, ao contribuirmos para o desenvolvimento sociocultural, econômico e sustentável das regiões onde atuamos, também incentivamos o exercício da cidadania, possibilitado aos soteropolitanos o contato com a diversidade cultural brasileira”, afirma o gestor de Atendimento da CCR Metrô Bahia, Hamilton Trindade.

Fátima Soledade, responsável pelo Núcleo de Articulação da DIMUS, ressalta a importância da parceria das instituições. “Estamos sistematicamente realizando atividades com a CCR Bahia, como as já realizadas Oficina de Turbantes no Novembro Negro, a Oficina de Máscaras do Carnaval de Maragogipe e a mostra itinerante ‘Salvador 468 anos: Uma Viagem no Tempo’. Todas foram realizadas nas estações do Metrô, promovendo mais participação da população em atividades culturais”, relata.

 

Serviço: Exposição “Salve o Dois de Julho: Memórias da Independência da Bahia”

Onde: Estação Pirajá de Metrô

Visitação: até domingo (09/07)

Atividade gratuita

 

Comunicação CCR Metrô Bahia – Júlia Borba
Contatos: (71) 3205-1157/9924-3358
julia.borba@grupoccr.com.br

Assessoria de Imprensa CCR Metrô Bahia – Jane Fernandes
Contatos: (71) 9 9988-8567
jane.fernandes@entrelinhas.net

Anúncios

Uma resposta em “Últimos dias da exposição sobre o Dois de Julho na Estação Pirajá de metrô

  1. Pingback: Mostra sobre 2 de Julho fica até domingo na Estação Pirajá do metrô

Os comentários estão desativados.