Museu Udo Knoff realiza oficina de pintura em azulejos para estudantes da Escola Estadual Azevedo Fernandes

 

oficina e pintra em azulejos_Escola Estadual Azevedo Fernandes_17.09 (9).jpg

O Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica (Pelourinho) realizou em 17/09, a oficina de pintura em azulejos para estudantes da Escola Estadual Azevedo Fernandes. O acervo de azulejos holandeses do museu serviu de inspiração para criar as pinturas que também expressam o tema “Brincadeiras de Criança” que está sendo abordado em sala. O material produzido será exposto no evento Transformaê da escola.

Anúncios
Publicado em 1

Mesa redonda “Experiências de pesquisa a partir de fontes visuais” no Museu do Recolhimento dos Humildes

Abertura da exposição Memórias do Mar_Humildes (6).jpg

O Museu do Recolhimento dos Humildes (Santo  Amaro) promove em 20/09 (Sexta), às 14h, a mesa-redonda “Experiências de pesquisa a partir de fontes visuais” que faz parte do projeto “Memórias do Mar: patrimônio e cidadania”. A atividade conta com a presença das professoras Ana Cristina da Silva Pereira (SEC-BA) e Tiara da Silva Pereira (SEC-BA), com mediação da professora e doutora Neivalda Freitas Oliveira (UNEB – Campus I). Além de participar da mesa, os interessados podem conferir gratuitamente a exposição “Memórias do Mar” que está em cartaz até o dia 29 de setembro no museu.

Card_Memórias do Mar.jpg

Publicado em 1

Finalização da oficina de papietagem no Museu Udo Knoff

Confira como foi a conclusão da oficina de papietagem realizada no Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica (Pelourinho) com os alunos da Escola Estadual Severino Vieira, em 16/09. A pintura final foi inspirada no colorido das estampas da azulejaria e nas representações da cultura e cultivo do café. Além de finalizar as obras, os estudantes conheceram o acervo do museu.

Publicado em 1

O Museu Udo Knoff leva oficina de papietagem para alunos da Escola Estadual Severino Vieira

Em 10 e 11/09, o Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica, localizado no Pelourinho, foi convidado para realizar a oficina de papietagem na Escola Estadual Severino Vieira, o tema escolhido foi o café. Durante a atividade os estudantes confeccionaram bules e xícaras. Essa atividade foi realizada pela museóloga Etiennette Bossetto e, a estagiária de museologia Luana Marques.
Publicado em 1

Odonto Fashion Day 2019 acontece nesse sábado  no Centro Histórico de Salvador

Card_Odonto Fashion Day.JPG

O evento terá uma extensa programação científica formada por mulheres

Como dialogar melhor com as transformações sociais do mercado? Este é o questionamento que faz a 3ª edição do Odonto Fashion Day, que será realizado nesse sábado, 21, das 9 às 18hs, no Centro Cultural Solar Ferrão, Pelourinho. O evento inclui uma extensa programação científica, com mais de 20 palestras e painéis, liderada apenas por mulheres. O evento é uma iniciativa do Grupo NOC – Núcleo da Odontologia Contemporânea, presidido pela cirurgiã-dentista Josenita Nascimento.

Nesta 3ª edição, foi escolhido como mote da campanha de divulgação ‘O sorriso nos une’, chamando a atenção para o ponto de convergência entre dentistas, sociedade, marcas e instituições como uma proposta de caminho à questão trazida nesta edição do OFD: como dialogar melhor com as transformações sociais do mercado? “Acreditamos que em um mercado cada vez mais competitivo, é sempre bom lembrar que as conexões têm um poder transformador”, diz Josenita.

A proposta do Odonto Fashion Day é de ser um evento múltiplo que oferece experiências em aprendizagem, entretenimento e negócios. Palestras, painéis, desfiles, pop up stores e shows se unem a um programa científico em sintonia com o mundo moderno e todo o espírito criativo e empreendedor da moda e da beleza. Desde que foi criado pelo Grupo NOC em 2016, o OFD estimula a inovação na forma de pensar e agir de pessoas, marcas e instituições do universo da saúde. Como legado, o OFD se propõe a fomentar a consciência social e cultural na sociedade e a divulgar e ocupar os espaços públicos no Pelourinho.

Desfile

Um dos pontos altos da programação do OFD é o já tradicional desfile de jalecos das marcas Dra. Cherie e Holi Coats, que será realizado no Hotel Histórico Pestana Convento do Carmo, a partir das 19h30, seguido do show de encerramento, com a cantora Margareth Menezes. Este ano, o evento ainda traz uma novidade: o desfile do estilista baiano Jefferson Ribeiro, com as peças da coleção ‘Bença’, apresentadas no Dragão Fashion, em Fortaleza, que abrirá a programação de moda. Com produção da stylist Tininha Viana, a ideia dos desfiles, cujos modelos são os próprios dentistas, é desmistificar o jaleco branco que, segundo estudos, é o responsável por impulsionar o medo que as pessoas têm de ir ao dentista.

Mulheres na liderança

Hoje, as mulheres são maioria na classe odontológica, e o número de cirurgiãs-dentistas inscritas no Conselho Federal de Odontologia só aumenta (fonte: CFO). Elas publicam artigos científicos na mesma proporção que os homens e representam o público que mais influencia na decisão de compra. No entanto, as grades científicas desses congressos continuam sendo majoritariamente formadas por homens. Para mudar esse cenário, o OFD criou uma programação científica formada apenas por mulheres, que vão apresentar novos conceitos e tendências da odontologia, propor novas formas de pensar e agir, promover ‘insperiências’ – experiências que inspirem mudanças – e conectar os profissionais entre si e com marcas e instituições que direta ou indiretamente possam contribuir para o diálogo com o futuro.

Confira a programação completa no site: https://odontofashionday.com.br/

Publicado em 1

MOSTRA DE DANIEL SENISE – ENTRADA GRATUITA


Quem visitou a Paulo Darzé Galeria, no Corredor da Vitória, na noite desta terça-feira (17), pôde conhecer um pouco mais do Museu do Recôncavo Wanderley Pinho, sob o olhar do pintor Daniel Senise. Isso por que o artista inaugurou a exposição “Museu do Recôncavo”, que mostra registros dos espaços do casarão seiscentista, localizado em Candeias, feitos em 2017 quando o espaço encontrava-se fechado para reforma. O patrimônio histórico é administrado pelo IPAC.


Feitas através de pinturas repletas de experimentações, processos, técnicas e vocabulário de contexto próprio, Senise realizou monotipias dos pisos das salas do casarão, em tecido, médium acrílico sobre alumínio e fotografia em jato de tinta. A cada detalhe visto, nos dez quadros espalhados pelas paredes galeria, é possível perceber as camadas de sujeiras e poeira dos pisos, que foram transferidas para o tecido. A percepção do estado de ruína é outra marca viva nas telas do artista. A mostra ficará em cartaz até dia 8 de outubro. Visite!


Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9h às 19h; e sábado, das 9h às 13h.

REFORMA – Ainda tratando-se do Museu Wanderley Pinho, o governador Rui Costa anunciou, em agosto desse ano, que o espaço terá um investimento em R$ 26 milhões para realização de obras de restauração e recuperação, englobando o casarão e entorno. A reforma prevê o restauro da casa grande, capela e da antiga fábrica; bem como serviços de paisagismo e a construção de um complexo museológico com integração entre ecologia, etnografia, arqueologia, história e arte.

Mais informações no site: http://www.ipac.ba.gov.br/

Publicado em 1